Pular para o conteúdo principal

Tendências fashion verão 2014 - Parte II

Gurias, para fechar com "chave de ouro" nossa série sobre as tendências fashion do verão 2014, ainda citaremos alguns modismos que já eram queridinhos nas ruas em 2013, as formas geométricas e o cropped, terminando por falar nas inovações de 2014, as estampas tropicais, os bodies e macacões.

Quem nunca se deu conta de que as formas geométricas representavam "o último grito da moda" ao se deparar, inúmeras vezes, seja em vitrines, revistas ou blogs, com o famoso short-saia de pontas ou assimétrico? Escolha de 10 entre 10 fashionistas de plantão, a peça invadiu, feito uma avalanche, o closet da gurizada, sendo elaborada nas mais diferentes e encantadoras cores e fazendo as parcerias mais inesperadas (t-shirts, bodies, camisas, dentre outras infinitas possibilidades). Transita ele por vários estilos, participando de looks mais despojados, quando incrementa peças básicas como regatas e rasteirinhas, e prestando apoio a produções que objetivem algo mais glamouroso, aliado a scarpins e blazers.      



     
As formas geométricas aparecem também, largamente, em estampas, dando um toque de criatividade, de forma divertida e fresh. Contudo, assim como as estampas citadas no post anterior, devem ser usadas com moderação, obrigando-nos, muitas vezes, a dar preferência a peças únicas e menos amplas, evitando, assim, chamar muito a atenção! 


O cropped, apesar de não ter sido tão visto por aí em 2013, limitando-se às mais ousadas e moderninhas, promete dizer a que veio no ano que se inicia, sendo mais uma aposta da indústria da moda. Vamos combinar que não é qualquer uma que consegue "segurar" o look e despertar admiração utilizando o top mais curtinho, seja pelo excesso de "gostosura" onde, justamente, o corpo aparece, deixando a área maior, ou pelo excesso de pele à mostra, descambando para a vulgaridade. Neste caso, uma regra deve ser fielmente seguida, a de jamais deixar o umbigo à mostra!!!!

   
Como vocês puderam perceber, não é nada difícil deixar um look cropped perfeitamente elegante, principalmente, de acordo com minha modesta opinião, quando o top faz parceria com uma bela saia longa. Outra coisa a que devemos prestar muita atenção é que, quanto mais chique queremos a produção, mais nobre deve ser o tecido da peça. Assim, nos eventos que pedem algo mais elegante, a renda e os tecidos mais brilhosos, como o cetim, são um excelente investimento! 

Falando agora nas tendências que surgiram com a virada do ano, as estampas tropicas vêm com tudo! Da mesma forma que as geométricas, são divertidas e fresh, e, se não usadas da forma adequada (quando o mais é, literalmente, mais), carregam a produção. São estampas gostosas de se olhar e que remetem muito ao clima brasileiro, um legítimo visual "À La Carmen Miranda", coloridas, alegres e afrodisíacas, despertando uma variedade de sensações! Take a look!

         
      
São muitas frutas, flores, formas e cores que transforam uma única peça na "cara do verão", não concordam? Não tem como não amar e se deliciar, pois é uma estampa que, além de transmitir um verdadeiro sentimento de alegria, carrega uma variedade de combinações, apresentando uma enorme gama de nuances e desenhos! Use e abuse da estampa tropical, adquira peças únicas, em que se apresenta ela como verdadeira protagonista, ou faça dela uma perfeita coadjuvante, seja em peças menores, complementadas por outras neutras, ou até mesmo em acessórios, um arraso!   


Gurias, agora é a vez da minha tendência preferida, o body (óinnnnnnnn)! Há anos ele vai e vem no mundo fashionista, recebendo as mais variadas denominações (como collant, por exemplo) e sendo fabricado nas mais diferentes estações. Peça coringa, o body nunca perde a elegância, "conversando" com shorts, saias, calças, surgindo em uma cor só ou em estampas variadas. Seu shape enxuto, permite o alongamento instantâneo da silhueta, principalmente quando fabricado em tecidos mais grossos,"desenhando" o corpo, soooooo sexy!  

           

Uma dica importante é a de que o maiô pode fazer as vezes de body, aliado a peças mais formais (para além do visual praiano) e de utilização diária, como jeans, sempre com sapatos apropriados, como anabelas, plataformas, sandálias e afins. Abuse dos acessórios e invista em peças coloridas, você estará esbanjando sensualidade!     


Por último, mas não menos importantes, os macacões vêm ganhando espaço e figurando como sinônimo de elegância. Além de se apresentarem como peças fáceis de se usar, pois não requerem muita prática nem habilidade na arte de combinar, são versáteis, apropriados para ocasiões menos formais, quando fabricados em tecidos menos nobres e em formatos mais despojados, e ocasiões que pedem uma produção mais elegante, com tecidos de efeito, shapes enxutos e longilíneos e acessórios poderosos. 


           




Fernanda Alvim é sagitariana, apaixonada, teimosa, convicta, impulsiva e aficionada por limpeza e moda. Sua coluna Mulheres e Moda é repleta de dicas sobre como vestir-se bem sem gastar muito.         

Comentários

  1. Seguindo minha ideia de ousar mais este ano, eu já comprei um cropped pra usar em uma festa de aniversário! Espero "segurar" o look. Hahaha Beijos! :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários dos leitores e leitoras são muito bem-vindos, pois enriquecem o blog com diferentes pontos de vista e relatos de experiências.
Mas estejam atentos às regras básicas de ética e boa convivência. Comentários em desacordo com elas ou que fujam ao tema do post poderão não ser aceitos.

Postagens mais visitadas deste blog

Medo de barata - transtorno sexual ou alergia?

Ver uma pessoa gritando diante de um inseto de cinco centímetros que não morde nem ataca seres humanos pode parecer irracional. O que muitos não sabem é que existem teorias que explicam o medo de barata, que acomete principalmente mulheres (mas também alguns homens).


O medoDe modo geral, ter medo é natural e até uma questão de sobrevivência. Por exemplo, o medo que nos leva a dirigir com as janelas do carro fechadas e a estarmos atentos à nossa volta ao pararmos na sinaleira pode evitar que sejamos pegos desprevenidos por um assaltante. No entanto, alguns medos podem prejudicar-nos em muitos aspectos de nossas vidas, como aqueles que se transformam em fobias.


Este post sobre o medo de barata é o primeiro de uma série de três. Na sequência dele, falaremos ainda sobre o enfrentamento de medos, como o medo de voar de avião e o medo de fazer exame de sangue. Compartilharemos também algumas dicas para perder o medo, que podem servir para qualquer tipo deles.

Medo de barata
Confesso a vocês qu…

A difícil tarefa de educar uma criança

Antes de eu ser mãe, as pessoas costumavam invalidar minhas opiniões sobre a educação de crianças - mesmo eu sendo pedagoga, ou seja, formada em Educação. Isso não valia para elas, pois teoria é teoria e prática é prática. Também não era válido o meu longo histórico de ótimo relacionamento com crianças, porque cuidar dos filhos dos outros não é educar. 

Pois bem, em parte elas tinham razão: "quem fala de sangue, e não está sangrando, é um impostor", já dizia Fernando Sabino. Em partes. Porque, agora que eu sou mãe, não só acredito nas mesmas coisas como também vejo-as reforçadas na prática. O que quer dizer que, mesmo não tendo passado pela experiência da maternidade anteriormente, as minhas vivências, a minha sensibilidade e o meu estudo tornaram-me apta para formar algumas ideias sobre o assunto. 
Se eu sei tudo sobre como educar uma criança? Se eu faço tudo certinho como mãe? Obviamente que não. Mas, como a maior parte das mães, eu tenho sempre a melhor das intenções. ;)

Encantos e perigos de um homem histérico

Eros quando solteiro foge diante de um possível relacionamento profundo. Mas gosta de manter uma mulher apaixonada sem assumi-la (pela necessidade da certeza de ser amado). Eros histérico continua freneticamente seu jogo de sedução, porém, finalizada a sedução ele não sabe mais o que fazer, ali entra em territórios desconhecidos. Evita um vínculo mais sólido porque seria deparar-se com a sua impotência diante de algo ou de uma situação e dessa forma fica evidenciado aquilo que poderia ter sido e não foi: o verdadeiro homem.
Toda mulher com uma relativa experiência afetiva é capaz de reconhecer perfis de homens com os quais se deve estar alerta. É quase como se uma luz piscasse com o texto: "Perigo! Mantenha distância".  Apesar disso, não raro envolvem-se com eles mesmo assim e saem chorando no final.
Dentre esses perfis evitáveis que simplesmente não conseguimos evitar, está o que a Senhorita Patinete chama de  Heros histérico. Hoje entenderemos melhor como funciona esse tal…