Pular para o conteúdo principal

Dicas para maquiagem de ano novo

Se tem uma ocasião em que mesmo as mulheres mais discretas podem ousar na maquiagem [além do Carnaval, claro] - é o reveillon. Hoje em dia, com tantos tutoriais de make maravilhosos no Youtube, podemos abolir de vez aquele nosso visual-padrão-de-festa e inovar. Confira algumas dicas e... coragem! Você consegue!   




Dicas para acertar na maquiagem de ano novo

1. Escolha com antecedência o look. Assim você terá tempo de comprar alguma coisa necessária. Um novo tom de sombra, por exemplo. 

2. Lembre-se: a maquiagem não deve combinar com a cor da sua roupa! Eu sei que às vezes isso é tentador, mas contenha-se! Não pode, mocinha! Se você não tiver muita prática na escolha da cor certa, fique atenta que nos próprios tutoriais as meninas dão dicas. Na sua pesquisa, você já pode especificar a cor da roupa, por exemplo: "maquiagem para vestido verde".  

3. Seja ousada. Achou bonito? Então... por que não? Você também merece estar deslumbrante!  

4. Não se prenda aos itens mostrados no tutorial. Não há problema se você não tiver tuuudo aquilo que elas têm. Não há problema se não tiver exatamente aquela cor de sombra. Adapte. Tenha o tutorial como uma referência.    

5. Organize-se para começar a maquiagem um bom tempo antes da sua hora de sair de casa. Isso é muito pessoal, mas eu gosto de começar 1 hora e meia antes. Assim você pode ficar tranquila e maquiar-se sem pressa (aquela tal que ainda não fez as pazes com a perfeição), pode apagar algo que não tenha gostado e fazer de novo, sem pressão. 

6. Se possível, coloque um ventilador perto de você. Quando não se tem muita prática, podemos demorar muito tempo na maquiagem e, se estiver calor, começamos a suar - o que dificulta o processo.    


O meu look de ano novo 

Originalmente, eu passaria a virada de ano num vestido branco. Como com branco tudo combina, eu decidi que ousaria na sombra colorida. Escolhi o seguinte look da amiga Dea Make Up:



O problema - podem rir - é que na hora em que fui fechar o vestido é que lembrei que ele havia sido feito sob medida ANTES de eu colocar prótese de silicone nos seios. E, claro, o zíper não fechou. Como já passavam das 18h do dia 31 e todas as lojas já estavam fechadas, pensem no desespero - acompanhado de perto pelos amigos no Facebook. Foram tantos comentários divertidíssimos sobre o meu drama de ano novo, que um deles até usou a hashtag #MelhorQueNovelaDasOito. Na hora, eu só pensava naquele vestido DEUSO que experimentei para o post da colunista Fernanda Alvim.

Não teve jeito, precisei repetir o vestido do ano passado. Ok, estava em outra cidade, com outras pessoas... mas vai dar azar? As amigas respondem:


"Seus pensamentos interferem mais na sua sorte do que sua roupa. Não importa sua roupa, importam suas intenções!"
Malú Oliveira


"Olha no armário e escolha a roupa que você mais gosta. Aquela que te deixa mais feliz. Afinal, é assim que você deve passar o Reveillon, FELIZ!!!" 
Paula Pacheco


Agora que a escolha seria um vestido dourado, achei que deveria dosar no colorido da maquiagem. O novo look escolhido como referência foi o seguinte, da Camila Coelho. Ainda glamouroso e chamativo, mas menos colorido.




O resultado foi aquele que vocês vêem na primeira foto deste post.  

E aí, o que acharam? 
Eu particularmente acho que eu deveria ter sido mais corajosa e abusado mais no preto. Lembrarei disso na próxima vez. ;)

Fica o aprendizado de que não se precisa ser profissional para chegar a um look legal. 
Lembre-se: não precisa ser perfeito, precisa só ficar bonitoNinguém vai dizer pra você: "Feche o olho e fique com ele fechado por 2 minutos para que eu possa analisar se um lado está igual ao outro". Então take it easy! Invente, tente, ouse! 


Feliz ano novo


A expressão "Ano novo, vida nova" nunca fez tanto sentido para mim. Quantas mudanças estou vivendo ao mesmo tempo em que o ano vira. 

Quero agradecer aos leitores e leitoras pela companhia nesse ano que passou e desejar que tenhamos todos um ano novo com muitos momentos especiais. Ou, como disse minha amiga Tatiana Ornelas, que nossas bocas sejam pequenas demais!

"Felicidade é quando a boca é pequena demais pro tamanho do sorriso que tua alma quer dar." 
     

Comentários

  1. Aaaahhh! Tive participação especial no Mulheres! Hahaha! Adorei. E sua make ficou ótima!! Eu não tenho muita habilidade pra coisa não, confesso, mas vou treinar mais. :) Beijão!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários dos leitores e leitoras são muito bem-vindos, pois enriquecem o blog com diferentes pontos de vista e relatos de experiências.
Mas estejam atentos às regras básicas de ética e boa convivência. Comentários em desacordo com elas ou que fujam ao tema do post poderão não ser aceitos.

Postagens mais visitadas deste blog

Medo de barata - transtorno sexual ou alergia?

Ver uma pessoa gritando diante de um inseto de cinco centímetros que não morde nem ataca seres humanos pode parecer irracional. O que muitos não sabem é que existem teorias que explicam o medo de barata, que acomete principalmente mulheres (mas também alguns homens).


O medoDe modo geral, ter medo é natural e até uma questão de sobrevivência. Por exemplo, o medo que nos leva a dirigir com as janelas do carro fechadas e a estarmos atentos à nossa volta ao pararmos na sinaleira pode evitar que sejamos pegos desprevenidos por um assaltante. No entanto, alguns medos podem prejudicar-nos em muitos aspectos de nossas vidas, como aqueles que se transformam em fobias.


Este post sobre o medo de barata é o primeiro de uma série de três. Na sequência dele, falaremos ainda sobre o enfrentamento de medos, como o medo de voar de avião e o medo de fazer exame de sangue. Compartilharemos também algumas dicas para perder o medo, que podem servir para qualquer tipo deles.

Medo de barata
Confesso a vocês qu…

A difícil tarefa de educar uma criança

Antes de eu ser mãe, as pessoas costumavam invalidar minhas opiniões sobre a educação de crianças - mesmo eu sendo pedagoga, ou seja, formada em Educação. Isso não valia para elas, pois teoria é teoria e prática é prática. Também não era válido o meu longo histórico de ótimo relacionamento com crianças, porque cuidar dos filhos dos outros não é educar. 

Pois bem, em parte elas tinham razão: "quem fala de sangue, e não está sangrando, é um impostor", já dizia Fernando Sabino. Em partes. Porque, agora que eu sou mãe, não só acredito nas mesmas coisas como também vejo-as reforçadas na prática. O que quer dizer que, mesmo não tendo passado pela experiência da maternidade anteriormente, as minhas vivências, a minha sensibilidade e o meu estudo tornaram-me apta para formar algumas ideias sobre o assunto. 
Se eu sei tudo sobre como educar uma criança? Se eu faço tudo certinho como mãe? Obviamente que não. Mas, como a maior parte das mães, eu tenho sempre a melhor das intenções. ;)

Encantos e perigos de um homem histérico

Eros quando solteiro foge diante de um possível relacionamento profundo. Mas gosta de manter uma mulher apaixonada sem assumi-la (pela necessidade da certeza de ser amado). Eros histérico continua freneticamente seu jogo de sedução, porém, finalizada a sedução ele não sabe mais o que fazer, ali entra em territórios desconhecidos. Evita um vínculo mais sólido porque seria deparar-se com a sua impotência diante de algo ou de uma situação e dessa forma fica evidenciado aquilo que poderia ter sido e não foi: o verdadeiro homem.
Toda mulher com uma relativa experiência afetiva é capaz de reconhecer perfis de homens com os quais se deve estar alerta. É quase como se uma luz piscasse com o texto: "Perigo! Mantenha distância".  Apesar disso, não raro envolvem-se com eles mesmo assim e saem chorando no final.
Dentre esses perfis evitáveis que simplesmente não conseguimos evitar, está o que a Senhorita Patinete chama de  Heros histérico. Hoje entenderemos melhor como funciona esse tal…