Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2014

Peeling de cristal em casa: fácil e ótimos resultados

Pele mais lisa e suave? No vídeo a seguir você confere uma opção rápida, prática e super em conta para melhorar a textura da pele, reduzir a aparência de linhas finas de expressão e dos poros. 

Muitas pessoas dizem que não preciso desses produtos porque tenho essa pele. Mas a verdade é que tenho essa pele porque uso esses produtos. ;)
Na gravidez da minha filha, tive um problema seriíssimo de acne. Vocês só acreditarão quando virem as fotos - estão no vídeo! Porque olhando minha pele hoje, ninguém diz que meu rosto estava daquele jeito há apenas alguns anos.



Ah! E eu vendo, viu? Se você é de Brasília, é só deixar seu contato nos comentários. ;)
O que mais dizem sobre o Kit de Microdermoabrasão da Mary Kay:
Proporciona resultados imediatos no combate às linhas finas de expressão, limpando os poros e deixando a pele mais lisa e suave, em apenas dois passos:
Passo 1: Refinar - é um esfoliante com tecnologia avançada que imediatamente energiza a pele deixando-a mais radiante e saudável. Este …

Bolsa Família: 10 motivos para mudar sua opinião

Época de eleição, crítica pra lá, crítica pra cá... E, muito frequentemente, vem à tona a crítica ao Programa Bolsa Família - baseada naquele discurso que todos nós já ouvimos de que se trata de bolsa-esmola, de compra de voto, de sustentar vagabundo que não quer trabalhar (o que não é justo já que eu trabalho pra caramba).  Eu realmente não conseguia entender como alguém podia criticar um programa social como o Bolsa Família, até que percebi o real motivo: as pessoas desconhecem o programa. Cheguei a essa conclusão quando alguém compartilhou o vídeo abaixo para provar como o ex-presidente Lula era incoerente em seu discurso, pois defenderia em 2009 algo que criticava em 2000.  Eu, que tenho a cabeça aberta e não me cego para as informações, venham elas de que lado for, assisti o vídeo. E eis que não só achei o discurso muito coerente como entendi a origem da crítica. Assistam comigo: 

Percebam que num primeiro momento, em 2009, Lula discursa sobre as pessoas que criticam o Bolsa Fam…

Aborto, drogas e livre arbítrio

Sou contra o aborto. Jamais faria um, nem mesmo em condições de estupro ou de má-formação do bebê. Sim, devido à minha crença religiosa. Ponto.




Eu disse MINHA crença?

Pois bem, muitas pessoas não compartilham dela.

Eu acredito que o aborto é a interrupção do curso da vida e tem consequências espirituais para os envolvidos. Mas tem gente que não acredita nisso, né? Podemos provar quem tem a razão? Eu ou eles? A minha crença vale mais do que a dessas pessoas?

Não, não vale.

O que sabemos é que muitas mulheres, seja lá por que motivação (quem sou eu para julgá-las), recorrem a abortos todos os dias - sejam eles legais ou não. E vão continuar recorrendo - sejam eles legalizados ou não.



Eu conheço algumas mulheres que fizeram aborto. Mulheres acima de qualquer suspeita - eu jamais acreditaria se não tivesse ouvido da própria boca delas. Você também possivelmente conhece alguma e apenas não saiba, pois isso não é coisa que se conte por aí.

Acredito que as mulheres deveriam poder optar por …

Carro trancado com a chave dentro - só comigo?

Eu estava muito animada para ir ao encontro do Projeto Yoga em Brasíliana tarde de hoje. Apesar de ter muitas coisas por fazer em casa, decidi que a Yoga era prioridade nesse momento. Me arrumei, sem esquecer a máquina fotográfica, pois teria um lindo espetáculo na Ermida Dom Bosco logo mais, quando o sol estivesse se pondo.




Eis que eu coloco todas as minhas coisas no banco do carona e fecho a porta do carro para dar a volta e entrar pela porta do motorista quando: tuc. Tuc?? Esse é o som do meu carro travando? Sim, é. O carro trancou sozinho, com a chave lá dentro.

Eu até tenho uma chave reserva do carro na minha casa, mas precisava da chave de casa para buscá-la e ela estava... adivinhem? Dentro do carro. E eu, presa dentro da garagem, pois tanto a chave de acesso ao elevador como o controle remoto do portão eletrônico estavam... sim, dentro do carro.

Eu podia ligar para a minha mãe e pedir que ela trouxesse a chave reserva da minha casa, SE meu celular não estivesse também trancado…

A difícil tarefa de educar uma criança

Antes de eu ser mãe, as pessoas costumavam invalidar minhas opiniões sobre a educação de crianças - mesmo eu sendo pedagoga, ou seja, formada em Educação. Isso não valia para elas, pois teoria é teoria e prática é prática. Também não era válido o meu longo histórico de ótimo relacionamento com crianças, porque cuidar dos filhos dos outros não é educar. 

Pois bem, em parte elas tinham razão: "quem fala de sangue, e não está sangrando, é um impostor", já dizia Fernando Sabino. Em partes. Porque, agora que eu sou mãe, não só acredito nas mesmas coisas como também vejo-as reforçadas na prática. O que quer dizer que, mesmo não tendo passado pela experiência da maternidade anteriormente, as minhas vivências, a minha sensibilidade e o meu estudo tornaram-me apta para formar algumas ideias sobre o assunto. 
Se eu sei tudo sobre como educar uma criança? Se eu faço tudo certinho como mãe? Obviamente que não. Mas, como a maior parte das mães, eu tenho sempre a melhor das intenções. ;)

Namoro ou liberdade: o que você prefere?

O filme Namoro ou liberdade - cujo nome original é Are we officially dating?, ou seja, Estamos namorando oficialmente? - poderia ser apenas mais uma comédia romântica americana que nos propicia algumas risadas enquanto assistimos, mas nada nos acrescenta após sairmos do cinema. [não estou criticando esse tipo de filme, pois ele realmente cumpre o seu propósito de entretenimento]

No entanto, se estivermos atentas à mensagem que o filme passa, sairemos do cinema pensando sobre uma patologia masculina muito atual: a fobia a relacionamentos
Contextualizando as pessoas que estão em relacionamentos estáveis e não têm ideia do que eu estou falando: lembram há algumas décadas quando os homens temiam a palavra "casamento"? Pois é, agora a palavra "namoro" parece ter o mesmo impacto.  
No princípio, eu achava que isso era um fenômeno dos homens de Brasília. Depois, conversando com amigas de outras cidades, percebi que parecia atingir o universo masculino brasileiro como…

Refletindo a Lua

Lua cheia inspira amores. Inspira escritores.
Malú Oliveira, que divide comigo o blog Remix v.2, foi uma das inspiradas pela última lua e compartilha conosco belíssimas palavras. Obrigada, Malú!
Apreciem comigo...


Por isso a visão da lua foi especial: ela me mostrou como tudo é pequeno! Como posso passar o dia inteiro pensando em uma única coisa se a lua está ali pra me mostrar que um universo inteiro existe? E o melhor, dentro e fora de mim!




Sentei em frente ao computador e já comecei a digitar as palavras. Comecei porque se pensasse muito sei que logo desistiria de escrever. Comecei porque basta começar para as palavras ganharem vida própria. Mas a pergunta é: o que me inspirou? 

Posso dizer que o que me “inspirou” foi uma recaída de um amor perdido, foi a dor de cotovelo que tomou conta de mim neste dia que, inicialmente, era perfeito. Poderia também dizer que vim para dizer que não é fácil se curar de um amor, que requer tempo e paciência. Poderia falar mil coisas e tentar fazer voc…

2CELLOS - Violoncelos, rock e um pouquinho mais

Eles são tão talentosos, que a gente nem percebe o quanto são deslumbrantemente lindos - jura que não ;) 
A dupla de violoncelistas croatas 2CELLOS está encantando o mundo com sua forma ousada de fazer o rock adentrar a música erudita - ou seria o contrário?
Surpreendente, contagiante, esteticamente envolvente [agora estou me referindo à música mesmo, ok?]
Confira abaixo o vídeo Thunderstruck, lançado no Youtube em 18/02/2014, e entenda sobre o que estou falando.  
Ok, confesso, tornando-me uma #cellogirl em 3... 2... 1... 



E vocês, o que acharam de Luka Sulic e Stjepan Hauser?

Tendências fashion verão 2014 - Parte II

Gurias, para fechar com "chave de ouro" nossa série sobre as tendências fashion do verão 2014, ainda citaremos alguns modismos que já eram queridinhos nas ruas em 2013, as formas geométricas e o cropped, terminando por falar nas inovações de 2014, as estampas tropicais, os bodies e macacões.
Quem nunca se deu conta de que as formas geométricas representavam "o último grito da moda" ao se deparar, inúmeras vezes, seja em vitrines, revistas ou blogs, com o famoso short-saia de pontas ou assimétrico? Escolha de 10 entre 10 fashionistas de plantão, a peça invadiu, feito uma avalanche, o closet da gurizada, sendo elaborada nas mais diferentes e encantadoras cores e fazendo as parcerias mais inesperadas (t-shirts, bodies, camisas, dentre outras infinitas possibilidades). Transita ele por vários estilos, participando de looks mais despojados, quando incrementa peças básicas como regatas e rasteirinhas, e prestando apoio a produções que objetivem algo mais glamouroso, ali…