Pular para o conteúdo principal

Fitness: buscando e alcançando resultados

Hoje falaremos sobre persistência e resultados. Nosso primeiro passo foi traçar uma rotina adequada de exercícios, alimentação e descanso - que será continuamente ajustada na avaliação dos resultados esperados versus resultados alcançados. Colocar essa rotina em prática é um passo muito importante. Mantê-la um dia de cada vez, todos os dias, é outro passo essencial. 

A verdade é que quando optamos pela definição corporal e ganho de massa da maneira correta, colocando a saúde em primeiro lugar (sem "roubar" valendo-se de substâncias que podem causar vários danos ao nosso organismo), os resultados podem demorar a aparecer. 



Cada pessoa tem sua individualidade, ou seja, não existe uma "receita de bolo" a ser aplicada com todos igualmente. Isso também pode atrasar o aparecimento dos resultados, uma vez que se precisa encontrar o que funciona com cada um. Se você desistir no primeiro ou no segundo fracasso, deixar de testar alternativas, certamente não alcançará o que deseja.          

Comigo tem sido um caminho árduo, no qual a persistência é muito necessária. Procurei cercar-me de profissionais que sabem o que estão fazendo e seguir à risca suas orientações - e se tem uma coisa que eu sou é disciplinada.

Mas apesar de todo o meu esforço, foram intermináveis meses até os resultados começarem a parecer satisfatórios. 

A primeira vez que tive bons resultados em termos de ganho de massa magra foi oito meses após a primeira avaliação. Todas as avaliações anteriores haviam sido MUITO frustrantes.

Imagina o que é seguir uma dieta sem fazer uma exceção sequer, sem colocar um chocolatezinho na boca, esforçando-se para ingerir o dobro de comida do que eu estava acostumada, não faltando à academia mesmo se o mundo estivesse acabando num temporal, gastar com suplementação e depois descobrir que em dois meses perdeu 2,5kg, sendo 1,5kg de massa magra? Sim, a sensação é de fracasso total. :( 

Professor mudava o treino, nutricionista mudava a dieta, muito esforço, nova avaliação e... novo fracasso. Isso se repetiu todos esses meses até alguns meses atrás. Garanto a vocês que se eu não tivesse um objetivo muito claro na minha mente, já teria desistido, achando que não dava pra isso. 

Meu objetivo? Esse que vocês podem ver na foto abaixo: estar em forma para o NKOTB Cruise 2013. E parece que consegui, não é mesmo?

Maio/2013 - NKOTB Cruise 2013 - Bahamas - Minha meta!!
"O que estamos fazendo de errado?" era a pergunta que eu repetia continuamente. Eu não sabia. Apenas sabia que não estava dando certo comigo. Persisti. Novo treino, novo ajuste na dieta e finalmente as coisas começaram a acontecer.        

Em termos de alimentação, minha nova nutricionista esportiva ouviu atentamente meu relato do que não estava dando certo até agora e tentou uma nova estratégia. Segundo ela, em meu caso - que tenho tendência a acumular gordura -, não seria adequado aumentar ainda mais a ingestão calórica. Então ela optou por um combinado de seis diferentes suplementos alimentares.  

A nova estratégia de treino montada pelo professor da academia também mostrou-se exitosa. Quisera eu continuar com aquele treino, pensando que "em time que está ganhando não se mexe", mas não é assim que funciona na musculação. É necessário mudar o treino periodicamente, senão ele deixa de proporcionar o resultado esperado. Então, a cada dois meses estou com treino novo.

Sério, eu devo ser a aluna mais chata que o professor Cássio tem. Não basta ele montar um treino, ele precisa me explicar tim-tim-por-tim-tim em que premissas ele se baseou para definir os exercícios e o número de repetições.

Para vocês terem uma ideia, às vezes o Cássio recebe recadinhos meus no Facebook como esse: "Prepare seus argumentos, amanhã vai rolar DR. Esse treino novo não vai dar certo." Entenderam porque eu disse que sou uma chata? kkkkk Geralmente ele traz ótimos argumentos que me convencem, mas também fazemos alguns ajustes.      

Agora é continuar firme.
E vamos nessa!  


A partir de agora, você pode acompanhar o diário da minha trajetória fitness no novo blog que tenho a honra de dividir com a amiga e afilhada Malú:  Remix v.2. Dá uma passadinha por lá e deixe seu recadinho de incentivo! ;)



Os meus posts estarão identificados com o seguinte marcador:





Perdeu os posts anteriores da série Fitness? Leia aqui:





Já curtiu Apenas Mulheres de Verdade no Facebook? Curte lá e fique por dentro das atualizações do blog.  

Comentários

  1. Aninha e seus diversos focos, de forma impressionante ela consegue ganhar estrelinhas em todos os resultados! Amiga, sabes que és minha inspiração. Continue assim, persistente, focada, uma verdadeira Mulher Maravilha! Orgulho!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários dos leitores e leitoras são muito bem-vindos, pois enriquecem o blog com diferentes pontos de vista e relatos de experiências.
Mas estejam atentos às regras básicas de ética e boa convivência. Comentários em desacordo com elas ou que fujam ao tema do post poderão não ser aceitos.

Postagens mais visitadas deste blog

Medo de barata - transtorno sexual ou alergia?

Ver uma pessoa gritando diante de um inseto de cinco centímetros que não morde nem ataca seres humanos pode parecer irracional. O que muitos não sabem é que existem teorias que explicam o medo de barata, que acomete principalmente mulheres (mas também alguns homens).


O medoDe modo geral, ter medo é natural e até uma questão de sobrevivência. Por exemplo, o medo que nos leva a dirigir com as janelas do carro fechadas e a estarmos atentos à nossa volta ao pararmos na sinaleira pode evitar que sejamos pegos desprevenidos por um assaltante. No entanto, alguns medos podem prejudicar-nos em muitos aspectos de nossas vidas, como aqueles que se transformam em fobias.


Este post sobre o medo de barata é o primeiro de uma série de três. Na sequência dele, falaremos ainda sobre o enfrentamento de medos, como o medo de voar de avião e o medo de fazer exame de sangue. Compartilharemos também algumas dicas para perder o medo, que podem servir para qualquer tipo deles.

Medo de barata
Confesso a vocês qu…

A difícil tarefa de educar uma criança

Antes de eu ser mãe, as pessoas costumavam invalidar minhas opiniões sobre a educação de crianças - mesmo eu sendo pedagoga, ou seja, formada em Educação. Isso não valia para elas, pois teoria é teoria e prática é prática. Também não era válido o meu longo histórico de ótimo relacionamento com crianças, porque cuidar dos filhos dos outros não é educar. 

Pois bem, em parte elas tinham razão: "quem fala de sangue, e não está sangrando, é um impostor", já dizia Fernando Sabino. Em partes. Porque, agora que eu sou mãe, não só acredito nas mesmas coisas como também vejo-as reforçadas na prática. O que quer dizer que, mesmo não tendo passado pela experiência da maternidade anteriormente, as minhas vivências, a minha sensibilidade e o meu estudo tornaram-me apta para formar algumas ideias sobre o assunto. 
Se eu sei tudo sobre como educar uma criança? Se eu faço tudo certinho como mãe? Obviamente que não. Mas, como a maior parte das mães, eu tenho sempre a melhor das intenções. ;)

Encantos e perigos de um homem histérico

Eros quando solteiro foge diante de um possível relacionamento profundo. Mas gosta de manter uma mulher apaixonada sem assumi-la (pela necessidade da certeza de ser amado). Eros histérico continua freneticamente seu jogo de sedução, porém, finalizada a sedução ele não sabe mais o que fazer, ali entra em territórios desconhecidos. Evita um vínculo mais sólido porque seria deparar-se com a sua impotência diante de algo ou de uma situação e dessa forma fica evidenciado aquilo que poderia ter sido e não foi: o verdadeiro homem.
Toda mulher com uma relativa experiência afetiva é capaz de reconhecer perfis de homens com os quais se deve estar alerta. É quase como se uma luz piscasse com o texto: "Perigo! Mantenha distância".  Apesar disso, não raro envolvem-se com eles mesmo assim e saem chorando no final.
Dentre esses perfis evitáveis que simplesmente não conseguimos evitar, está o que a Senhorita Patinete chama de  Heros histérico. Hoje entenderemos melhor como funciona esse tal…