Escolhendo o óculos certo para o seu rosto

Na hora de escolher um óculos, muitas coisas devem ser levadas em consideração, como o formato do rosto e seu estilo pessoal. É importante termos cuidado para escolher a armação certa, pois ela comporá a nossa aparência diária. 

Seria interessante se pudéssemos ter mais de um óculos, para poder variar no dia-a-dia. No entanto, como as armações costumam ser caras, nem sempre isso é possível.   


Para quem não gosta de usar óculos, como é o meu caso, o ideal é optar por modelos mais discretos, que não chamem tanta atenção. Já quem acha que óculos são um charme, pode escolher um dos lindos modelos que estão na moda hoje em dia.

5 dicas para escolher a armação ideal 


1.  Lembre-se que os vendedores da ótica querem vender. Portanto, escute a opinião deles com parcimônia. Se a vendedora estiver dizendo que você está lindíssima, parecendo uma "pop star intelectual" mas você não estiver achando nada disso, confie na sua própria opinião. 

Para evitar a cilada de sofrer influência negativa do vendedor na hora da compra, eu sugiro o seguinte: 

a) Pesquise antes na internet os modelos que estão sendo usados atualmente, tanto nas páginas das lojas como também fotos de pessoas usando óculos em situações cotidianas. Assim você já comporá mentalmente mais ou menos o que você está procurando para você.
b) Estando na dúvida, experimente os preferidos e mande fotos para as amigas que você confia, pedindo sua opinião.
c) Visite quantas óticas achar necessário até achar o modelo ideal, não tenha preguiça. 

Observação: Atente que em algumas cidades do Brasil as armações costumam ser mais caras. Se você mora em Brasília, por exemplo, e estiver planejando uma viagem para o Rio de Janeiro ou Porto Alegre, deixe pra comprar lá, pois certamente pagará mais barato que em sua cidade (experiência própria).       

2. Leve em consideração seu estilo pessoal. Se você é jovial, cuidado para não escolher uma armação que lhe dê um aspecto de mais velha. Se for mais descolada, pode escolher armações coloridas, senão, busque os modelos mais discretos. 

3. Escolha armações de acordo com o formato do seu rosto. Óculos grandes podem estar na moda, mas se seu rosto é pequeno, esqueça isso. Os óculos devem estar em harmonia com seu rosto, não sobrando muito para os lados.

4. Fique atenta à grossura da lente: se seu grau é alto, você deve escolher armações com o diâmetro da lente menor. Como a lente é mais fina no centro e vai engrossando nas bordas, quanto maior o diâmetro dela, mais grossa vai parecer. Se tiver disponibilidade financeira, invista em materiais mais leves e mais finos. 

5. Lembre-se que você não precisa comprar uma armação cara, de grife, para ter um óculos legal. Às vezes uma armação de uma marca mais barata ficará mais harmoniosa em seu rosto, conferindo um resultado final melhor. Portanto, não seja preconceituoso. Alerta: isso não quer dizer que você pode mandar fazer seu óculos numa banquinha na Feira do Paraguai! Você pode até comprar a armação lá, mas as lentes devem ser feitas numa ótica confiável, para evitar mais problemas em sua visão.  


Abaixo você confere meu look sem óculos, com meu óculos velho à direita, no destaque, meu óculos novo - da nova coleção da Ana Hickman. O que acharam?

Inspiração para a vida

Muitos já conhecem a história da Equipe Hoyt:  pai e filho que participam juntos de provas de triathlon e maratonas. 

Já seria uma bonita história de família se fosse apenas isso. Mas é muito mais. O pai, verdadeiro iron man, esforça-se para dar ao filho uma vida que transcende a limitação de seu corpo. 



O lema da família sempre foi "VOCÊ PODE", e, assim, o menino nunca foi privado de uma vida como de outras crianças, mesmo tendo sido diagnosticado que nunca poderia andar ou falar. 

Assista o vídeo abaixo e responda se é possível não se emocionar vendo o que esse pai faz pelo filho e, principalmente, observando as reações do filho a cada conquista.  


Sinceramente, impossível não refletir nesse momento sobre o que fazemos - e deixamos de fazer - por nossos filhos (e por nós mesmos). 

Uma história para emocionar e inspirar. 
Grata pelo belíssimo exemplo de vida.



Assista abaixo reportagem da TV americana sobre essa história:

Dicas para aniquilar a celulite

Apesar de 90% das mulheres sofrerem com ela, é difícil aceitar a celulite como uma característica natural feminina - embora ela realmente seja! Se você decidiu que lutará contra os furinhos até o final (bem-vinda ao clube!), selecionamos abaixo algumas dicas para diminuir a celulite

E não se preocupe, pois importar-se com a aparência não faz de você uma mulher menos inteligente ou mais fútil. Estar de bem com o espelho ajuda no fortalecimento da auto-estima. Mas atenção: sentir-se uma mulher bonita vai muito além de ter ou não o bumbum lisinho. Portanto, vamos lutar contra as celulites, mas sem neuras, ok? Recomendo que, antes de mais nada, você leia neste blog:  






Quer acabar de vez com a celulite?

Desculpe decepcionar, mas isso é praticamente impossível. :(
Se por um lado celulite não tem cura, por outro, podemos pelo menos amenizá-la. Mas prepare o seu bolso para isso!

Confira abaixo algumas dicas de combate à celulite, o que melhor funcionou comigo nesses anos de guerrilha contra ela:


1. Tome muita água

Ingira no mínimo 2 litros de água por dia. Isso é essencial para seu organismo funcionar corretamente e não reter líquidos. Tenha sempre uma garrafa de água perto de você: na mesa do trabalho, no carro etc. 

Ponto negativo: precisamos frequentemente parar o que estamos fazendo para ir ao banheiro, mas isso é perfeitamente administrável.


foto: cc jgoge


2. Drenagem linfática

Procure uma boa massagista, porque tem muita profissional por aí que ao invés de massagem faz "carinho". Ou seja, não faz os movimentos como deveriam ser e, consequentemente, os resultados não são os esperados. Se não estiver doendo, minha amiga, tem alguma coisa errada aí. Porque gordura dói!


Ponto negativo: não sei vocês, mas eu não tenho nem tempo nem dinheiro para fazer massagem duas vezes por semana durante a vida toda.



3. Cremes anti-celulite

Já usei vários, mas os meus preferidos são o Phyto Mince Lipo Ativo da Anna Pegova, e o Elancyl da Nouveau.


Ponto negativo: custam em torno de R$ 180,00 e duram mais ou menos um mês, mas isso depende da quantidade de regiões afetadas. Os resultados aparecem com algum tempo de uso (seja paciente!) mas, para mim, são insuficientes. A impressão que dá  é que precisaremos usá-los sempre e para sempre, mesmo assim sem resultados muito satisfatórios.



4. Dieta sem glúten e sem lactose

Drenagem e cremes ajudam um pouco, mas o que realmente amenizou muito a celulite no meu caso foi a alimentação. Quem me acompanha no Animando-C sabe que adotei uma dieta com pouca ingestão de glúten e lactose em busca de melhor qualidade de vida. 

Eu nem sonhava que faria diferença na celulite, mas fez. Não sei bem se é por causa do glúten ou da lactose (ou das duas coisas).

Pesquisando na internet, percebi que esta minha teoria não é inédita. Se quiserem saber mais:

Ponto negativo: retirar o glúten e a lactose da alimentação não é das tarefas mais fáceis. Pense rápido numa coisa que você ama comer. Pensou? Muito provavelmente ela contenha glúten e/ou lactose. Porque tudo de bom neste mundo contém glúten e lactose (ou açúcar)! Até a parte social - jantar na casa de amigos, festas ou restaurantes - fica complicada.
Mas se querem saber, vale a pena, porque a gente se sente tão melhor no dia a dia!
Eu recomendo cortar totalmente ambos por 30 a 40 dias e depois, se desejar, ser um pouco mais flexível - o que eu reservo para eventos sociais.

Quem quiser testar umas receitinhas, recomendo o blog Sem Glúten Sem Lactose


Veja também aqui no Mulheres uma receita deliciosa de Pão de quinoa  germinada com semente de linhaça.



5. Exercícios físicos

Mexa-se! É impossível livrar-se da celulite mantendo uma vida sedentária. Escolha uma atividade que mais se adeque ao seu gosto, seu bolso e suas possibilidades. Caminhar na rua, fazer academia, remo, patinação, jogar basquete... por que não aproveitar e aventurar-se em atividades diferentes? Isso não tem apenas a ver com celulite e sim com saúde de modo geral. Portanto, precisa fazer!

Ponto negativo: dependendo de sua escolha, isso pode consumir tempo e dinheiro. A preguiça e a falta de disciplina podem atrapalhar, mas seja perseverante. Acompanhe nossa série Fitness para mais dicas.   


6. Evite ao máximo toxinas

Fuja de toxinas que fazem mal ao seu organismo - e também causam celulite. Refrigerante, cigarro, pílula anticoncepcional... pra que isso, minha gente? [Ok, pilula anticoncepcional tem uma boa justificativa ahaha] Mas considere usar um método livre de hormônios - como camisinha. Aliás, ela é o único meio para evitar doenças sexualmente transmissíveis. É incômodo? O parceiro reclama? É, eu sei... devido a um problema no fígado, não posso tomar anticoncepcional. Mas dá pra viver muito bem sem, viu?  

Vamos aproveitar essa conversa para falar francamente sobre a camisinha.

Ponto negativo: aprender a viver sem algumas coisas que nos dão prazer ou vício (como refrigerante e cigarro) e buscar adaptar-se a novos métodos para evitar gravidez - esse prazer não precisamos deixar de ter, ok? ;) 


Essas foram nossas 6 dicas básicas contra celulite. Gostaram? Tem algo a acrescentar? Compartilhe com a gente nos comentários.

Agora se você é corajosa e quer enfrentar a celulite de modo mais contundente (o que significa gastar mais dinheiro e provavelmente sentir mais dor), não perca o próximo post Dicas POWER contra a celulite. Até lá!